Traveland

É muito comum, hoje em dia, que grandes empresas ofereçam viagens como premiação para funcionários ou levem seus colaboradores para acompanhar cursos técnicos ou palestras em diferentes regiões. Para essas necessidades, a Traveland, uma agência de turismo corporativo especializada em viagens de experiências e de relacionamento com o mercado (stakeholders) de seus clientes, tem tornado as viagens de trabalho tão encantadoras quanto as de lazer. Em seu portfólio de serviços, estão as viagens de conhecimento (que oferecem vivência cultural de alto nível e conhecimento técnico) e viagens de incentivo (que são uma recompensa àqueles que superaram os maiores desafios acordados em suas empresas), além de uma completa consultoria corporativa, para as empresas que ainda não identificaram a melhor opção. O propósito dessa empreitada da Traveland é proporcionar, por meio de viagens de relacionamento, que seus clientes, cada vez mais, estejam atentos e póximos da cadeia de valor, diferenciando-se de seus concorrentes.

A empresa conta com cerca de 50 colaboradores, dentre os quais aproximadamente 45 utilizam e-mail diariamente – principalmente aqueles que cuidam de assuntos administrativos e financeiros ou que lidam diretamente com a organização das viagens.

Como era o serviço de e-mail na Traveland

No passado, a Traveland sofria quedas constantes de energia e, na tentativa de reduzir o impacto que elas causavam no seu principal meio de comunicação, possuía contingência do servidor de e-mail com autonomia de 3 a 4 horas, aproximadamente. Contudo, quando a queda de energia permanecia por períodos maiores, o prejuízo era proporcional a esse tempo. Além disso, a empresa tinha o desejo de proporcionar, à sua equipe, o acesso a dados em qualquer que fosse a localização desses colaboradores, para otimizar atendimento e produtividade.

Para conseguir isso, Edson Ogoshi, coordenador de TI da Traveland, iniciou uma busca por um novo fornecedor de e-mail que, além de resolver os problemas com indisponibilidade, oferecesse uma solução segura para garantir a integridade das informações e atendesse uma particularidade da empresa: utilização da tecnologia de pastas públicas. A princípio, Ogoshi foi atrás de grandes players, como Google e Microsoft, mas nenhum oferecia a solução completa; por isso, decidiu buscar outras opções e recebeu uma indicação da Penso Tecnologia. Ogoshi lembra que conversou bastante com o Bruno Pena, consultor comercial da Penso, para expor as necessidades técnicas, e, depois de (várias) reuniões, a Penso mostrou-se capacitada a atender a essas particularidades, e iniciou-se o projeto.

Durante a implementação desse projeto, a Penso realizou diversos testes e simulações no ambiente da empresa “O projeto não foi fácil, mas a Penso foi muito compreensiva com as nossas necessidades”, comenta Ogoshi, que ainda lembra que, no momento da “virada de chave” definitiva, houve uma falha na primeira tentativa. “A primeira tentativa falhou por erro interno nosso, mas a Penso corrigiu os problemas e conseguiu acertar já na segunda tentativa” – recorda ele.

A necessidade por armazenamento na nuvem

Algum tempo depois, com o serviço de e-mail funcionando adequadamente, Ogoshi procurou o Bruno Pena, para tratar sobre as necessidades de armazenamento de documentos na nuvem. Nesse momento, foi sugerido o vBox, alternativa corporativa semelhante ao Dropbox, desenvolvida pela própria Penso. Assim como todas as mudanças – em especial, as que envolvem tecnologia -, essa demandou um período de adaptação por parte dos colaboradores. Ogoshi conta que pôde confiar, novamente, na compreensão e na sutileza da Penso com a mudança: “Primeiro, eles criaram um espelhamento do nosso servidor na nuvem, no qual todas as mudanças feitas localmente eram refletidas na nuvem”, explica Ogoshi, concluindo que, dessa forma, mesmo com a solução já em implantação, os colaboradores não sofreram qualquer modificação na rotina de trabalho.

Em um segundo momento, Ogoshi, com a ajuda da equipe técnica da Penso, difundiu o conhecimento de que os colaboradores poderiam acessar aqueles arquivos por seus smartphones, tablets e dispositivos móveis, diretamente na nuvem. Apesar de ser longo o caminho para implantar essa inovação na cultura do armazenamento em nuvem na empresa, a atenção e preocupação com as necessidades da Traveland criaram as condições para que, atualmente, os funcionários já estejam acostumando-se com as facilidades que a nuvem traz, e com os processos fluindo cada vez melhor. “O que eu busco nos fornecedores é exatamente isto: atenção às necessidades do cliente e educação. E foi isso que eu vi até hoje na Penso. Eles são muito prestativos, pontuais e não deixam a gente falando sozinho”. É a avaliação de Ogoshi.

Como é o cenário de TI da Traveland, atualmente

A Penso, hoje, é considerada uma parceira de negócios da Traveland. Trata-se de uma parceria na qual existe mútua confiança de alto nível, tanto em relação à parte técnica – já que é difícil encontrar personalização nesse nível -, quanto à parte de negócios – pois também é raro encontrar empresa comprometida a entender o negócio do cliente e propor algo totalmente adequado. “A Penso, sem dúvidas, conseguiu encantar-me nesses aspectos”, elogia Ogoshi. “A Penso está crescendo muito. Eu acompanho esse progresso e fico admirado, porque muitas empresas crescem e esquecem de onde vieram”. Essa é a reflexão de Ogoshi, dando um destaque especial ao Bruno Pena: “O Bruno Pena foi fantástico nos nossos projetos; ele é muito prestativo e não nos deixa na mão.”

Apesar de a internet no Brasil, no geral, ainda estar defasada, a Penso consegue prover um nível de disponibilidade além do esperado. Em termos de satisfação, a Traveland é só elogios ao fornecedor – tanto que estão pretendendo realizar um novo projeto de migração do banco de dados para a nuvem, e a Penso é a primeira opção.






Sua empresa precisa de uma solução corporativa de e-mail?

Conheça nossa plataforma colaborativa de e-mail e tenha suas caixas e mensagens na nuvem, com segurança e alta disponibilidade.